Atenção especial para seu filhote de gato

Quem resiste a um filhotinho de gato? Eles são miudinhos e muito fofos.

Mas, para mantê-los bem e para que se desenvolvam com saúde, alguns cuidados são necessários desde cedo. O primeiro passo é a consulta com o veterinário para fazer exames, saber quais vacinas devem ser aplicadas e conhecer qual vermífugo tomar.

 

 

 

O melhor alimento

 

A alimentação é algo que deve ser definido quando o gato ainda é filhote. A partir dos 30 dias de vida, já é possível dar o alimento correto e balanceado para seu bichano. Desde o início, siga as regras de dosagem para que ele evolua da melhor maneira, não excedendo o peso, muito menos ficando abaixo do ideal.

 

Uma dica importante é não achar que todo gato deve beber leite. Sabia que existem alguns que são resistentes à lactose? Eles precisam de leite materno até completarem entre 30 e 45 dias. Após isso, as necessidades nutricionais deles são diferentes, e dar leite pode gerar complicações, como problemas nutricionais e de saúde.

 

Já a água é essencial e indispensável. Muitos gatos têm problemas nos rins, portanto, acostumá-los com água desde cedo é de suma importância.

 

 

Caixa de areia

 

A maioria dos gatos já possui o instinto de fazer suas necessidades na caixinha de areia, mas alguns devem ser acostumados. Isso deve ser feito quando ainda são filhotes. Você só precisa definir, após testes, qual melhor tipo usar: areia, pedras, torrões ou sílica. Saiba que gatos são muito higiênicos, portanto, mantenha limpo o banheirinho para que ele não o recuse e faça xixi pela casa.

 

 

Banhos e cuidado com o pelo

 

Gatos não são muito apreciadores de banho. Pelo fato de serem muito higiênicos, eles não precisam de banhos com tanta frequência, como os cães.

 

Geralmente, eles se lambem depois de se molharem, com o intuito de “se limparem” do banho tomado. Evite também shampoos e sabonetes muito perfumados, pois podem irritar. O que ajuda a limpá-los e eliminar o excesso de pelos mortos é a realização de uma escovação diária.

 

 

Brinquedos e arranhadores

 

Gatos gostam de brincar, sim. Uns mais, outros menos. Depende do costume e, claro, da raça. Dê a ele brinquedos apropriados e coloque um arranhador à disposição dele para que se distraia, fazendo com que gaste as garras e evitando que rasgue móveis e cortinas.

 

 

Tele o apartamento ou casa

 

Se as suas janelas ainda não são teladas, mantenha-as  fechadas. Mesmo que seu gato seja muito esperto, ele pode se assustar e cair, causando um acidente.

 

 

Agora que você já sabe as principais dicas para ter um gatinho, conte com a linha Pet Food da Soma, que possui alimentos completos e balanceados, desenvolvidos para atender às necessidades nutricionais de cada fase de vida do animal. São diversos produtos voltados para gatos de raças de porte pequeno, médio e grande, do filhote até a fase adulta. Acesse nosso site e conheça os produtos.